domingo, 26 de outubro de 2008

Nome importa?

Depois de duas semanas sem posts, aqui vai um. Tema sugerido pela Sara Fioli.

O nome da faculdade faz diferença? Claro que sim.
Se você está em uma UF quer dizer que você se esforça nos estudos (ou tem facilidade), porque não é todo mundo que consegue entrar. O vestibular é uma peneira enorme, onde ficam os melhores (às vezes os que tem sorte). O da particular é mais fácil e depois da prova muitos desistem por falta de condições financeiras para pagar.
Nem sempre a federal é melhor que a particular (são poucos os casos, mas existem). Mas entre dois candidatos a emprego com perfis e curriculos identicos, com diferença apenas na universidade onde estudou acredito que o da federal fique.

Já participei de seleções para estágio onde a empresa selecionou apenas estudantes de 3 universidades: federal, estadual e a particular que estudo. Existem dezenas de outras, mas o nome (definitivamente) importa.

Entre duas particulares a mesma coisa. Se você estuda em uma faculdade renomada, com tradição, você tem um diferencial, mesmo suas notas sendo piores que a de uma outra pessoa de uma faculdade menos reconhecida.
Penso assim: nenhuma faculdade é boa; os alunos são. Se eu, minha turma e mais umas duas turmas fizermos besteira no mercado de trabalho a faculdade fica com o nome queimado no mercado, assim como se nós tivermos sucesso a faculdade fica reconhecida.
A festa é feita por quem está nela. Mas na hora de escolher pra qual festa ir, você escolhe aquela que tem fama de ser a melhor.
A faculdade é assim também.

A diferença é que a faculdade demora mais e interfere no seu futuro profissional.
Se você for participar de uma seleção de emprego pode ser eliminado só na analise do currículo por culpa da universidade. É ruim, mas é um fato que temos de aceitar.

Abraços

6 comentários:

Lenon Mendes disse...

Sem dúvida a faculdade conta e muito
mas no caso do meu curso (eng. mecatrônica) as faculdades particulares se destacam muito mais por terem maiores condições de manter laboratórios e proficionais que acompanhem a tecnologia, mas em cursos mais teórios como engenharia civíl, sem dúvida as públicas se destacam mais.
Porém independente de faculdade, se você for um bom profissional jamais faltará emprego para você.
Abraço - Neurônio X

Carol disse...

Ahhhhh que saudade que eu tava dos posts! rsrs Depois dizem que vc soh fala de integrais e que seu blog não é bom,maaaaaas voltando ao assunto, nome importa sim e muito. Sem sombra de dúvida.

Beijinhos!

felipe disse...

tu ta estudando demais...

Sara disse...

Eu que sigeri o tema, pois faço engenharia civil em uma faculdade que não tem nada de nome em engenharia, fiquei aqui pensando e vi que não estudo nem a metade que a galera que está em outra faculdade, pensei que a faculdade que nao estava extraindo muito de mim, então to aqui na paranoia, preciso me transferir, necessito e minhas opições são FEI e MAUA!!

Muito obrigada por ter escrito ENG. fico muito feliz, por ter dado sua opinião sobre a minha duvida! Obrigada mesmo.

Beijos a todos!

ken disse...

rapaz..
na federal eh foda pq a maioria dos professores cobram pesado nao se importam se vc pai passar
vc tem q estudar pa caralho so pra passar
na particular eh mais dificil o cara reprovar pq afinal ele ta pagando neh

e esse blog eh uma merda e o dono eh um imbecil q deve tar na engenharia ha 10 anos e naomacabou calculo e fisica ainda

Anônimo disse...

se acha pra caralho hein.. afinal de contas em que faculdade você estuda que você se acha tanto em seu bosta?