sábado, 2 de outubro de 2010

I wish I knew...

...o pessoal que trabalha com recrutamento de estágio procura.

Numa das minhas primeiras entrevistas a mulher mandou desenhar qualquer coisa no papel, eu fiz meu desenho. Ae ela começou a perguntar o que aquilo representava pra a gente, e eu larguei: eu quero chegar ao topo, atingir meus objetivos e ser o melhor. Ela me olhou com uma cara...

Em outro, me perguntaram se eu já tinha sido líder de algum grupo e o que achava disso. Respondi honestamente que me sentia tranquilo atuando como líder de um grupo, mas acho que rende mais se todos atuassem juntos, como um time, sem ter alguém apenas dando ordens.

Em um, rolou um debate com a psicologa. Eu fiquei na minha, calado, preferi não ficar discutindo muito. Em outro, eu falei moderadamente, como conversaria normalmente com qualquer colega.
Até hoje eu espero a ligação dos dois dizendo se passei ou perdi.

É foda... você se esforça, tenta ser você mesmo nas dinâmicas de grupo e, sabe-se la por que motivo, você é reprovado. As infelizes das psicologas poderiam ao menos dizer por quais razões não fomos aprovados para o processo seletivo, assim poderiamos melhorar.

Graças a Deus consegui um estágio, mas antes disso... nunca recebi uma ligação pra dizer que passei/perdi no processo seletivo.

4 comentários:

Anônimo disse...

Nossa, um post.
Continue postando =)

João disse...

Caramba, cara.. eu também sempre questionei isso, é muito injusto com o candidato não saber o porque das escolhas das empresas. boa sorte em seu estágio aí...

Krafter disse...

Cara... 1º nem sempre está sendo apenas avaliada a sua reação às perguntas, veja como está o seu visual,será que está normal para o mercado de trabalho também? shausha
Essa historia de nunca julgar o livro pela capa não existe em entrevistas...

Anônimo disse...

Também tô passando por essa fase de mil e uma dinâmicas para conseguir estágio. Sei bem como é. Ainda não recebi a bendita ligação. He! He!