terça-feira, 25 de novembro de 2008

(sem criatividade para títulos)

Era pra eu ter escrito sobre isso alguns dias atras, mas não sei o que aconteceu, não o fiz.
Acho que esse é o mês, dentre os poucos de existência do blog, que menos posto aqui. Não mais por falta de tempo, mas por falta de paciência com a engenharia. Eu estou exausto; cansado de tudo isso.
Eu não consigo mais entrar numa sala de aula e ver as mesmas caras e ver, a cada dia que passa, novas fórmulas e conceitos. Estava sentindo uma coisa, não sabia bem o que era, até que na sexta eu estava de saída da faculdade e ouvi um cara dizer algo que pensei: "caralho, é isso que eu estou sentindo".
Sabem o que ele disse? "...quando eu chego na sala de aula não tenho vontade de dizer bom dia/boa tarde/boa noite; tenho vontade de chegar mandando todos se foderem, porque não tenho mais saco para olhar pra cara de ninguém". Ca-ra-lho. Achei isso perfeito. Infelizmente, para a manutenção da paz e da boa convivência pelos próximos semestres, não posso fazer isso. Na escola que era bom, que você podia se transferir quando quisesse, mas faculdade é uma burocracia tão grande e, se a carga horária de uma disciplina variar de uma faculdade pra outra, você pode atrasar bastante sua formatura. O lado positivo disso tudo é que, mesmo que você não perceba, você já conhece bem as pessoas. Você já sabe em quem pode confiar e com quem você pode contar quando tiver problemas (na minha situação a resposta é ninguém para as duas).

Cansei de ajudar gente a se dar bem em trabalhos e em provas. Dinheiro? Não, eu não cobro. Apenas quero ser ajudado de volta quando preciso. Recebo isso? Quase nunca.
Saco cheio dessa galera da facul, dos professores, da moça que vende o lanche e de todos os outros que me vêem apenas como uma forma de ganhar alguma coisa.
Os colegas me vêem como oportunidade de tirar boas notas quando não sabem algum assunto que sei ou tenho maior facilidade. Os professores, na maioria, só se importam com você se você for o aluno nota 10. A moça do lanche só se importa com você se você consumir bastante na cantina. Fodam-se todos. Ahh que vontade que dá de pegar uma bomba e largar naquele meio e não precisar ver mais quase nenhuma daquelas pessoas (algumas almas eu salvaria)*.

Cansei de tudo isso, que venham as férias!


------------------------------------------------
Alguns comentários:
1 - Pessoal, eu não sei tudo sobre todos os cursos, então, por favor, não me enviem e-mails pedindo pra eu falar o que um engenheiro de pesca/naval/agropecuário ou de qualquer outra área faz, o google é o melhor lugar pra você procurar isso. E também não posso dizer qual engenharia é melhor, não estou capacitado para isso. Ninguém está. Posso dar minha opinião, no máximo.
2 - Recebi alguns comentários e e-mails sobre a postagem "vontade de desistir" e muitos me disseram pra eu ter força e não desistir. Obrigado =D. Como eu disse no post, é só vontade, eu não vou desistir, não vou morrer na praia.


Abraços

4 comentários:

Mauricinho Zaniboni disse...

Realmente vc tah precisando de férias...huahuahuuha
Falta pouco, tenho provas a partir dessa semana, depois te falo, grande abraço.

Sara disse...

Fééérias, salve nossas almas!!!!!!
É so o que penso a duas semanas atras e vou pensar por mais duas, é isso ai, isso pq to no primeiro ano. Imagina mais pra frente...
Mas é foda, realmente parece que ja to no msm semestre que vcs... mas é encaminhar e ve se chegando lá não enlouqueço!!!rs

Anônimo disse...

Este post é o rusumo do que me ocorreu este ano (calouro,burro por sinal) ajuda os outros e reprova em troca...
são raras as pessoas em que se pode confiar...

Leonardo disse...

Primeiramente quero te parabenizar pelo blog, primeira vez que venho aqui.

Sobre o texto, acho q todos estudantes de engenharia chegam na mesma situação que você chegou, man. E a vida...