terça-feira, 26 de agosto de 2008

Ensino público

Bom, segue abaixo um texto de autoria do Igor Botelho, leitor do blog e estudante do ensino médio que pretende cursar engenharia.


ENSINO PÚBLICO

Depois que passaram as férias, uma professora de matemática foi promovida para coordenadora. Infelizmente um professor de péssima qualidade, que não sabe fazer nem conta de porcentagem entrou no lugar dessa excelente professora. Pode-se falar que poucos professores dão uma aula de boa qualidade; muitos reclamam que ganham um salário baixo e que devem trabalhar em várias escolas para poder sustentar a casa. Como, em um país como o Brasil em que muitos sobrevivem com menos de um salário mínimo, professores reclamam da falta de qualidade no ensino público, sendo que eles fazem parte desse sistema e devem investir nas suas melhores armas que é o ensino para poder reivindicar no futuro, juntamente com essas cabeças que deveriam ser formadas para ter uma visão holística do mundo, e poder ajudar a acabar com os males do planeta.
Retomando o assunto que iniciei, esta semana eu tive aulas de matemática. Aí aconteceu o cúmulo: aluno explicando matéria para a sala e o pior, para o professor. O professor não sabia multiplicar 1.113 x 100 (o resultado dele deu 11,30). Ele queria calcular inflação do período nos exercícios e sabia que estava errado, mas não aceitava a forma de como um aluno podia saber mais que o professor e ficava batendo na mesma tecla de que ele estava certo, querendo nos ensinar de maneira errada. Ele não aceitava estar errado. Fiquei puto da vida por ter explicado para todo mundo na sala, todos entenderam a lógica da matéria. Sabendo que eu estava certo nas contas, meus resultados deram certo (bateram com o gabarito do livro), depois na saída ele veio com o maior cinismo me agradecer por ter explicado a matéria, e falou que entendeu a matéria, tenho certeza que este cara está no lugar errado, ele tem que voltar pro pré e começar tudo de novo, o correto seria o professor ensinar o aluno e não o aluno ensinar o professor.

Como as pessoas que estudam em escola publica (com poucas exceções) e tem o sonho de seguirem a carreira de exatas (ou uma carreira em qualquer outra área) poderão realizar seus sonhos com a educação pública dessa maneira?

6 comentários:

Lucas disse...

Professor mal formado não é problema só de escola pública, mas de privada também. E muitos professores dão aulas em várias escolas ao mesmo tempo, pública e privada.
Não concordo que seja errado um aluno ensinar um professor. Longe disso. O erro nesse caso seria o professor não querer assumir que o aluno estava acertando, e ele não.
Professor também é humano, como nós (alunos), logo pode errar. O problema do seu professor foi não conseguir assumir o erro.

Anônimo disse...

EXCEÇÃO

Anônimo disse...

[i] Como as pessoas que estudam em escola publica poderão realizar seus sonhos com a educação pública dessa maneira? [i]

Pô ae cara se tu tiver a fim olance é vc estudar por fora tentar da sua forma buscar a informação, ser auto didata, coisa alias de grande valia na faculdade, só não deixe que isso seja algo que o impeça de realizar os sonhos mesmo que ele demore um pouco.

Eu estudei toda a minha vida em colégio publico , um pior que o outro, mas depois de um tempo e insistencia consegui entrar numa faculdade publica, o lance é querer mesmo


Abraço e ate mais...

RPetter

Ígor Botelho disse...

realmente, existem escolas e escolas, excluindo algumas exceções dessa critica....

eu estou correndo atrás, estou fazendo cursinho, ralando bastante para entrar em uma boa universidade.


abraço à todos, muito obrigado pelos comentários, valew pela força !


Ígor Botelho

Paula disse...

Igor, Existem professores picaretas tanto na escola pública, como na privada e até mesmo nas melhores universidades.

O que acontece é que a pessoa pra ser professor, na maior parte das vezes, tem que ter dado tudo errado na vida, é o cara que não conseguiu nada na vida e vira professor pra não passar fome, pois sempre sobra emprego nessa área. Existem exceções, é claro, eu mesma estudei em colégios dos melhores e sempre tive professores bons e outros bem picaretas. particularmente prefiro me prostituir do que ser professora!
bju!

Anônimo disse...

Já passei por isso, pior é que alguns professores dizem que o cara se acha e joga toda a turma contra vocÊ.Pior ainda é quando a turma é desinteressada e faz de tudo pra o professor não dar aula, isso aconteceu comigo no 3º avo do ensino médio, depois de ter se livrado de um pécimo professor de matemática no 2º ano tive que aguentar a minha turma que não queria nada e fazia de tudo para os professores não darem aula!