domingo, 8 de junho de 2008

Os sintomas da engenharia

Como eu já disse aqui, engenheiro (a) você é desde que naceu, mas pra poder exercer seu dom legalmente você precisa cursar a faculdade.
E a faculdade de engenharia contamina você com uma doença chamada Praga da Engenharia. O nome científico da bactéria causadora: Engenheryas sophrimentus. Bom, essa doença traz alguns problemas mentais. Na maioria dos casos a pessoa começa a estudar mais que sair pra se divertir, a galera das antigas pode se afastar de você (ou diminuem bastante o contato) com medo de se contaminar, você não consegue mais distinguir engenharia e mundo real, entre outros.

A seguir são listados dois sintomas que eu já tomei conhecimento:

Falar sozinho:
Há umas semanas atras eu fui na escola em que concluí o ensino médio. Fiquei um tempo sentado sozinho e, como gosto muito de música, começei a cantar uma, que não lembro qual. Não cantei alto, apenas pra eu mesmo ouvir.
Então surgiu um professor e me disse alguma coisa assim "já começou a falar sozinho? esse é um dos problemas dos engenheiros". Ele tinha acabado de concluir uma nova graduação, dessa vez em engenharia.

Caralho, eu fiquei pensando e notei que antes da universidade eu não falava sozinho. Depois que comecei a estudar essas coisas de louco comecei a falar sozinho!! Às vezes assitindo tv eu tenho uma idéia e começo a conversar comigo mesmo, ou então resolvendo algum exercício "seu burro! como foi que você errou isso?".

Sei que eu não sou o único, porque eu já vi um monte de gente na facul fazendo a mesma coisa.


Sonhar com números:
Um colega da facul me contou que uma vez sonhou com números!! SONHOU! Sou tirado como maluco por uma galera que eu conheço e fazem cursos que não passam nem perto de engenharia. Imagina se eu contasse uma coisa dessas, haha. O cara disse mais ou menos assim "pô, foi foda, eu estava meio que voando, flutuando, era num lugar escuro e uns números gigantes girando em torno de mim, INSANO!".
A gente tinha passado um tempão estudado cálculo aquele dia. e ele "eu contei pra minha mãe do sonho, aí ela toda preocupada não queria nem que eu fosse assistir aula, disse que eu devia relaxar mais"
Eu estudei cálculo tanto quanto ele, mas graças a Deus eu não sonhei com nenhum número ou uma integral me perseguindo. Já imaginou, você correndo e uma integral querendo te pegar? hhahaha Que coisa loucaa!
Ele não é o único, já ouvi um caso parecido. Só que eu não conheço a pessoa (eu apenas estava na mesa ao lado) então não perguntei nada.

Engenharia é coisa de louco.


Se alguém tiver passado por algum outro, mande pro meu e-mail que eu posto aqui pra complementar.
eng.engenheiro@gmail.com


Abraços


----------------------------
P.S. Pode parecer besteira, mas só pra deixar claro: essa história de bactéria e doença, escrita neste post é pura ficção.

16 comentários:

- Ana Flávia disse...

Olá =)
Sou estudante do Ensino Médio, pretendo fazer Engenharia Química e gostei muito de seu blog...Já posso ter uma idéia de como é a vida de um estudante de Engenharia, como de outras faculdades.
Química é fodaaaa xDD

(Obs: Vi o link do blog numa comunidade do orkut)

Continueee escrevendo
Valeu
\o_

Luccas Brando disse...

Oo
Eu já sonhei que estava fazendo um exercicio de física! Piooorrr... Tava certoo!

Falar sozinho é constante!
hehe

Abraços

Yuri disse...

acho q estou um pouco mais louco do q vc meu chapa...
Eu já sonhei com polonômios, vetores e circuitos elétricos... agora só nao me pergunte como é que uma pessoa sonha com essas coisas pq não dá pra explicar...

Anônimo disse...

Estava durmindo até que do nada acordo e começo a resolver uns problemas de cálculo e em seguida volto a durmir.

Rose... disse...

Nossa...Adorei o blog. Hehhehe...
Descubri o blog através do orkut.
Sei bem como é isso de falar sozinho.
E sobre ver integrais nos sonhos e talz...eu faço isso há um tempo já.Faço engenharia de computação. Um dia desses eu estudei pra calculo e não havia conseguido resolver a questão...fiquei o resto da noite pensando na questão. Quando foi a noite...sonhei com ela...e resolvi. Logo quando acordei fiquei pensando e quando coloquei no papel deu certo. Muito louco.
Acho que quando você entra em algum curso de engenharia sua vida toma um rumo completamente diferente.
Até mais. o/

Pedro disse...

Puta hoje eu sonhei que eu tava resolvendo uma pá de formula com meu primo... e o pior é que minha faculdade de engenharia so começa no 2 semestre!! Sera que eu ja to enloquecendo?

Muito legal o blog, ja to vendo como vai ser minha vida hehe

Abraços

Iza Stradlin disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Iza disse...

um amigo já sonhou que um pi gigante tentava derivar ele .... e ele corria desesperado...

serve ?

Jaqueline disse...

Meu irmão tá se formando em engenharia, quando li este post lembrei de que uma vez ele falou que sonhava com as questões que caiam na prova; as resolvia no sonhos e depois só transcrevia na prova.
Putz... achei o cúmulo!
Mas espero ter essas "clarevidências" alguma dia, hehehe... a minha engenharia tbm [e foda! mas eu vou com ela até o fim.
Beijão.

Richard disse...

Já sonhei que estava reclamando da correção de prova com um prof bem FDP, incompetente e injusto na correção!

Aí lá pelas tantas eu chinguei ele de João-da-laje, apelido dado secretamente pelos alunos em homenagem ao visual nada pedreiro dele.

Hahá, absurdo um FDP daqueles dar aula p alguem, mas consegui passar, apesar do pessimo professor... hahaha

antiqristo disse...

Na verdade já sonhei com retas tangentes me perseguindo. Mas o pior aconteceu hoje:
- Acordei tarde para a prova de resistência dos materiais, arrumei minha mochila com compasso, esquadros e calculadora( caia círculo de Mohr) então peguei a mochila e saí de casa. Esperei o ônibus chegar, entrei, paguei a passagem.
OK.. o ônibus estava lotado. Aí eu percebi que estava ocupando espaço demais. Pô, foi então que percebi que tinha pego a mochila que levo roupas para as viagens. Ou seja, deixei tudo que precisava em casa e estava cheio de roupas no lugar...
e o pior é que fui mal na prova depois..

huauahuahuhauhauhaua

lippe disse...

poh... rsrs q azar em manu rs

e eu uma vez, soh era na época do técnico... tava enrroscado com um projeto lah, q naum queria funfar de jeito nenhum.... e naum é q eu sonhei com os integrados e resolvi o problema! rsrsrs qdo falei pro professor, ele soh me disse "bem vindo a engenharia" ahuahuahuahuahua


abrass aos engenheiros e engenheiras!

Anônimo disse...

Curso Engenharia Física, e sofro de muitos sintomas.Além de números, ficamos loucos com fórmulas e cálculos que NUNCA dão certo, mas na engenharia, isso faz parte.

José Antônio disse...

Também sou Engenheiro e concordo que o tratamento da loucura não pode ser considerado como se fosse um elemento marginal à temática fundamental de Kant. Está estreitamente ligado com a tarefa da filosofia crítica. Diria ainda que o desenvolvimento da própria tarefa crítica tem de ver-se com isso constantemente. Por um lado, aparece como um problema localizado no funcionamento orgânico ou fisiológico do indivíduo. Desse modo, a loucura torna-se objeto de uma ciência da natureza, que operaria no nível da causalidade físico-mecânica. O problema se resolveria como se resolve qualquer problema da natureza. Por outro lado, aparece como um problema no uso da razão, quer dizer, no modo em como são aplicados os conceitos na construção de proposições e na elaboração de discursos. Assim sendo, o desvario dos diferentes dogmatismos e das variadas formas da "loucura" nos indivíduos que
aparece nas formas deWahn, Wahnsinn, Schwärmerei, Fanatismus, Schwermut, entre outros, não podem ser tratados senão sob a modalidade de problemas semânticos. Dito sem ambiguidades: a loucura não diz
"qualquer coisa", obedece a uma semântica precisa. Para abordar o problema desse modo, na perspectiva kantiana, não há propriamente uma psicologia como ciência, mas uma espécie de "pragmática" e muita crítica em sentido transcendental (semântica)".
Vai no meu blog que você encontrará diversas formas aliviar a loucura proporcionada pela Engenharia.
http://jotasil10.blogspot.com.br/

Anônimo disse...

Sonhar que Está resolvendo Integrais... Quem nunca? kkkk
Ao contrário do que muitos dizem, Engenharia é tudo de bom. Por mais difícil que seja, se você gosta, sua força de vontade será maior.

Lucas Teixeira disse...

Uma vez fui numa fazenda passar o final de semana, quando vi uma roda de carroça pendurada como enfeite, sentei no chão e comecei a olhar pra ela e pensar pensar e pensar, fazer alguns gestos com a mão e logo veio uma grande ideia que faltava para um projeto meu! sou meio louco sim.kkk

em quase tudo vejo um vetor de força!!kkk