terça-feira, 24 de junho de 2008

tensão das finais

Você conhece alguém de direito, psicologia, adm, etc, que se formou sem sequer ir pra uma final? Eu conheço diversas pessoas.
Você já ouviu falar de alguém que se formou em engenharia sem ir pra final? Reza a lenda que duas pessoas na faculdade que eu estudo já conseguiram. Reza a lenda...

Pô, em engenharia isso é quase impossível.

Primeiro porque você não está acostumado com o ritmo de estudos. Você está acostumado a aquelas matérias decorebas da escola (história, geografia, etc). Na engenharia você tem de aprender as matérias!

Tem cálculo, que começa fodendo tudo. Limite, derivada, integral... se você não resolve todas as listas de exercício, os exercícios de livros e as questões que os professores passam em sala... (quase sempre) FINAL! E, na maioria dos casos, cálculo I novamente.

Algorítimos também fode tudo. Se você não aprender aquela porcaria você perde fácil. Dependendo do caso, repete a matéria algumas vezes. E antes de perder você vai pra... FINAL!

Físicas... sem comentários.

Em engenharia tem de ter dedicação, senão... FINAL!
Engenharia é foda.

O pior da final é aquela obrigação de passar. Depois daquilo não existe uma outra chance. A prova final é como se fosse uma bifurcação na estrada: ou você passa e pega a próxima matéria ou perde e vê os mesmos assuntos no próximo período (isso é chato demais).

2 comentários:

Adriano Oliveira disse...

vixi vc falou e disse, suas palavras se refletem o q eu penso no meu primeiro ano de Engenharia, ah e acebei de fazer uma prova sobre adivinha u q ? "ALGORITMOS"
HAHAHA, é pra acaba mesmo!

silva disse...

Exatamente e isso ai Deus e primeiro plano, p/q quando Ele fica em segundo plano o engenheiro deixa de existir,kisssssss